Solução:
Impermeabilização do Aterro Sanitário de Ariquemes / RO
Cliente:
Conit Construções e Infraestrutura
Obra:
Aterro sanitário
Local:
Cidade de Ariquemes / RO
Produto utilizado:
Geomembrana GEOROMA 1,5 mm (Geomembrana em PEAD)
Data:
Novembro de 2009
Quantidade: Geomembrana = 25.872 m²

Necessidade da Obra

Com a lei 12.305 da Política Nacional de Resíduos Sólidos, entrando em vigor e dando um prazo, que obriga todas as cidades a extinguirem seus lixões até 2014, a cidade de Ariquemes que possuía um lixão há 30 anos, precisou buscar soluções para a disposição dos resíduos da região.

Processo Construtivo

A cidade tem aproximadamente 75 mil habitantes que, produzem diariamente cerca de 70 toneladas de lixo. A Prefeitura Municipal de Ariquemes, juntamente com a Funasa providenciaram a implantação deste Aterro Sanitário em uma área de 87.000 m2.

Após a retirada do lixo e a limpeza necessária do local, foi criada uma estrutura adequada para processar, tratar e dar a destinação correta para seus diversos resíduos sólidos, com estruturas para triagem, compostagem, armazenamento de resíduos especiais, tratamento dos resíduos de saúde e destinação final em células de resíduos impermeabilizadas com Geomembrana de PEAD (Polietileno de Alta Densidade) com espessura de 1,5 mm e totalmente equipadas com lagoas para coleta e tratamento de chorume e de gases.

No total, foram utilizados 25.872 m de Geomembrana de PEAD para impermeabilizar a área destinada ao Aterro Sanitário e a lagoa para tratamento de chorume.


case-roma-aterro-1 CONIT Construções e Infraestrutura - Aterro Sanitário de Ariquemes

Resultados

Ariquemes foi o primeiro município do estado de Rondônia a realizar a coleta seletiva e a disposição adequada dos resíduos sólidos, conforme as normas técnicas.
A Geomembrana de PEAD foi utilizada no sistema de proteção ambiental, evitando o contato das células de disposição de lixo com o lençol freático.
Com um investimento de aproximadamente R$ 3,5 milhões o Aterro Sanitário começou sua operação em janeiro de 2012 e contempla todo monitoramento e controle ambiental da área e tem uma vida útil prevista para 20 anos.

Com a desativação do lixão, o município entra no seleto grupo dos municípios que dão a destinação adequada para seus resíduos. A área foi devidamente recuperada de forma a não contaminar mais o meio ambiente e não trazer problemas de saúde pública a população.

case-roma-aterro-2 CONIT Construções e Infraestrutura - Aterro Sanitário de Ariquemes

case-roma-aterro-3 CONIT Construções e Infraestrutura - Aterro Sanitário de Ariquemes

Rev.: 01
Data 27/03/2013